Friday, 20 May 2011

Portugal 1976 - Albertino



Albertino Eduardo Ferreira Ventura Pereira nasceu no Porto a 23 de Janeiro 1950. Passou a maioria da sua carreira nos clubes da sua cidade natal, iniciando a sua carreira em 1965/66 no Leixões, onde permaneceu cinco épocas. Seguiram-se várias paragensde curto prazo para clubes diferentes antes de rumar ao Boavista em 1976/77 e três anos mais tarde o FC Porto. Terminou a sua carreira em 1989.
A sua posição era de médio-avancado e até chegou a ser chamado por Pedroto à Selecção, então o seu treinador no Boavista, que ocupava também o lugar de seleccionador durante esse tempo.
Durante a sua carreira ele ganhou uma Taça e uma Supertaça em 1979 com o Boavista.
Esta camisola tem origem num dos dois jogos que fez pela Selecção A. Trata se de uma das primeiras que a Adidas produziu para Portugal a partir de 1976.
Hoje a dias Albertino é pintor, tal como era o seu pai, Fernando Ventura Pereira.

Albertino Eduardo Ferreira Ventura Pereira was born in Porto on January 23rd 1950. Most of his carreer e spent at clubs of and around his hometown. He started at Leixões in 1965 where e stayed five seasons. After a few short stays at minor clubs he moved to Boavista in 1976 and three years later to FC Porto, before retiring in 1989.
He was a centre-forward and even was called by José Maria Pedroto, his coach at Boavista, to the NT.
During his carreer he won a Portuguese Cup and a Supercup in 1979 with Boavista.
This shirt was worn by him during one of his just two matches played for Portugal Senior team.
Today Albertino is a painter, just as his father was.

Jogo/ match: 05.12.1976 Chipre vs Portugal 1:2

Fornecedor/ Outfitter: Adidas

Friday, 6 May 2011

Benfica 2010 - Aimar



Foi necessário uma conversa com Rui Costa para convencer Pablo Aimar de rumar ao Benfica. Foi um encontro de dois grandes #10, um com a carreira a terminar e outro a querer voltar a um nível que estava habituado muitos anos, mas não havia ter conseguido já algum tempo atrás. Diz-se que Rui lhe guardou a camisola com o número 10 para quando chegasse a Lisboa. Assim aconteceu a 17 de Julho 2008 quando assinou um contrato válido por 4 épocas.
Pablo Aimar foi formado, como muitos outros, no River Plate em Buenos Aires. Jogou nas camadas jovens entre 1995 e 1997 antes de se estrear pela equipa principal. Em 4 épocas ele tornou se numa das maiores promessas do futebol argentino. O seu caminho estava traçado e em 2001 o Valencia pagou €24m pelos seus serviços. Logo na primeira época sagrou se campeão espanhol e finalista da Liga dos Campeões. Seguiu-se uma Taça UEFA em 2004, mas muitas lesões deitaram-no para trás e assim deixou o Clube em 2006 para rumar ao Zaragoza onde permaneceu duas épocas. O Benfica contratou o jogador por uma verba a rondar os €6.5m.
Com uma fase de adaptação difícil, ele, pouco a pouco, conseguiu ganhar o seu espaço na equipa encarnada e hoje é um dos jogadores mais acarinhado pelos adeptos.
Esta camisola foi utilizada apenas uma vez durante um jogo para comemorar o 35° aniversário da independência da Angola. Aimar foi o autor do segundo golo da equipa do Benfica.

When it came to the point that Benfica had to find someone to replace Rui Costa, it was the "Maestro" himself who convinced Pablo Aimar to sign for the club. In summer 2008 Aimar signed a 4 year contract with the Lisbon club.
Pablo Aimar was trained at River Plate where he started in the youth teams in 1995. His first appereance for the senior team happened in 1997 and during the next 3 years he became one of the most promising argentine talents.
Valencia signed him in 2001 for a fee of €24m. Right in his first year he helped the team to win the Championship and reach the Final of the Champions League. Within his spell in southern Spain he managed to lift the UEFA Cup in 2004 but his many injuries threw him back and he was less used before he moved to Zaragoza. The club was relegated and he wasn´t happy before Rui Costa rang...
Benfica signed him for a fee of €6.5m and after a dificult time of adaptation he managed to find a spot in the starting line up. Nowadays he is one of the most loved player and recently denied a request of River Plate to return by saying that he will stay at Benfica "as they treat me good".
This one-off shirt was used by him during a match to commemorate the 35th jubilee of the indipendence of Angola, where he scored the second goal.

Jogo/ match: 10.11.2010 Angola NT vs. Benfica 0:2

Fornecedor/ outfitter: Adidas