Sunday, 23 December 2012

Portugal 2012 - Bruno Alves



Esta camisola foi preparada para Bruno Alves durante o EURO 2012, sobre o qual já escrevi algumas vezes aqui. Por isso gostaria de deixar apenas algumas palávras sobre a participação de Portugal nesta mais importante próva de futebol continental.
Portugal chegou à Polónia com uma preparação, digamos: explorável. Depois de ter de ir aos play-offs onde reencontrou a Bósnia e deixou excelente impressão em casa, seguiram se alguns jogos amigáveis que não deixaram as expectativas em alto quando a nossa Selecção terminou o estágio.
O primeiro jogo contra a Alemanha perdemos, mas com cheiro a mais e com um Portugal que deu cara a um dos maiores favoritas deste torneio. Lutamos e tivemos oportunidades que infelizmente desperdiçamos, o que não é aconcelhável contra uma equipa de nível mundial. Com as contas já ao nosso desfavor para o segundo jogo, tudo indicou para o: mata-mata, que Scolari fez uma expressão popular quando foi o nosso Seleccionador.
O segundo jogo contra a Dinamarca mostrou uma Selecção concentrada e ambicionada que chegou ao 2:0 na primeira parte mas teve que engolir o empate por alguns erros individuais. Mas mais uma vez tivemos um joker, desta vez o Varela, que ao cair do pano deixou o país a cantar. O último jogo da fase de grupos parecia tornar-se o mais difícil e importante, mas a Holanda continuo como tinha jogado nos jogos anteriores e Portugal fez uma excelente partida ao batê-los 2:1 com um Ronaldo, autor dos dois golos, a explodir de rendimento.
Quem diria que Portugal pasasse o grupo da morte de tal maneira depois de ter visto a fase de preparação? Mas isso sublinhou mais uma vez que Portugal é uma equipa que é capaz de se focar quando contam os resultados e que costuma jogar ao seu melhor nível em torneios importantes.
Os quartos de final ganhamos apenas por 1:0 contra a Repùblica Checa mas dominando todo o jogo e mais uma vez com várias oportunidades desperdiçadas.
As meias finais foi o reencontro do Mundial 2010 com a Espanha. O favoritismo cabeu naturalmente aos espanhois, mas Portugal mostrou grande qualidade e não houve poucos que esperavam duas equipas ao mesmo nível. E assim foi. A análise aos espanhois foi uma obra excelente e a Selecção práticamente não deixou espáços para o adversário puder desenvolver o seu tiki-taka. Para mais criamos algumas boas oportunidades das quais a melhor surgiu pouco antes do apito final, quando Ronaldo desperdiçou sózinho em frente de Casillas. Isso levou a equipa ao prolongamento onde tivemos que pagar a conta para a maneira desgastante de jogar, e os espanhois melhoraram, criando mais e melhores oportunidades que nós. Salvamo-nos até ás grandes penalidades onde os dois primeiros jogadores logo falharam e o empate estava a 2:2 quando Ramos nos meteu um à Panenka e Bruno Alves falhou a sua tentativa por milímetros. Restou Fabregas marcar o último para Espanha passar à Final.
Foi um jogo que deixou muito amargo, já que foi um embate de duas equipas ao mesmo nível. Mas pelo que se esparava ao início do torneio e o onde chegaram mereceram todo o respeito dos portuguêses e do mundo futebolistico. Foram 3 semanas que deixaram Portugal muito orgulhoso e mais uma vez mostraram que no futebol tudo é possivel.
Obrigado rapazes!

As i posted here already some Bruno Alves shirts, this time i would like to refer to the tournament, as this shirt comes from a match during the EURO 2012.
Portugal had a pretty poor preparation for the tournament, leaving expectations on low level when they lift off for Poland. But already the first match left us with a different impression. Portugal lost vs. Germany but showed a level of playing that could have left the victory for us, as Germany was a bit lucky in the end, winning by 1:0.
The second match left no margin for mathematical therories as it had to be won and so we started, leading by 2:0 during 1st half. But some individual mistakes helped Denmark equalise before Varela showed great skill shooting the winner.
Holland seemed to be the hardest opponent before the tournament, but they never had a chance in a match where Ronaldo finally showed his full potential being the scorer of both goals in a 2:1 victory.
Quarters where a clear decision even though the result was just 1:0 but domination was obvious and if the Seleccao would have been more effective it could easily have ended 4:0.
The semi final match vs. Spain seemed to be clear before it had started, but Portugal had prepared themselves very good, leaving no spaces for Spain to implement their tiki-taka. Even though Portugal was very effective in avoiding Spain to open their game, they were again ineffective in turning their opportunities into results. Portugal survived extra-time with some luck as Spain was neither effective in scoring and so p.s.o. had to bring the decision. Both first scorers were unlucky and it was 3:2 Spain when Bruno Alves hit the crossbar and Fabregas scored for Spain to advance.
There were not only few that would have liked to see Portugal advance to the Final, but it wasn´t to be this time again. Nevertheless Portugal showed great potential of improvement and again ended Top 4.

Jogo/ match: 27.06.2012  Espanha vs. Portugal 0:0 (4:2 p.s.o)

Fornecedor/ outfitter: Nike

Friday, 7 December 2012

Benfica 2011 - Axel Witsel



Axel Witsel foi jogador do Benfica até ao início da época 2012/13 quando ao último minuto do periodo de transferências o seu passe foi adquirido pelo Zenit St. Petersburgo pela cláusula de recisão que era de 40m €.
Ele tinha chegado um ano antes do Standard de Liége na Belgica, por 8m €, onde iniciou a sua carreira profissional em 2006 com apenas 17 anos de idade. Na época seguinte já foi peça fundamental na conquista do título nacional belga e deu muito que falar nos anos seguintes.
O seu estilo é muito fluido e elegante. Ele atua pelo corredor central mas também nao foge às alas e sente se melhor quando pode jogar liberto de qualquer posição fixa, o que faz dele um jogador muito versátil. Ele possue uma técnica notável e um posicionamento excelente.
Já nos primeiros jogos que jogou pelo Benfica adaptou-se com uma facilidade que impressionou todos, e como o mercado de transferências ainda estava aberto, já houve propostas que superaram a verba paga por ele.
Durante o ano em Lisboa ele rápidamente conquistou os adeptos e um lugar como titular pela maneira de jogar e de se adaptar. O que caiu um pouco mal foram alguns comentários que fez a comparar o Benfica com o Zenit, depois da sua saída.
Ele disputou 51 jogos pelo SLB e marcou 5 golos. O seu único título foi a Taça da Liga.
A camisola apresentada foi utilizada por ele num jogo memorável em Old Trafford, que contou para a fase de grupos da Liga dos Campeões em 2011/12.

When Axel Witsel left Benfica in summer 2012, the club had gained a check of €40m by russian giants Zenit St Petersburg. They had come to raid him in a last minute deal before closure of the transfer period.
Even though the club had 5 fold their investment, one could say that Benfica had lost another pillar in the central midfield, after the sale of Javi Garica to ManCity.
He joined Benfica one year earlier from Standard Liége, where he played in junior levels and made his debut in 2006 at the age of 17. One year later he helped the club to become Champion again, after 25 years. Followed by many clubs he decided to play for us and adopted very well.
Right from the beginning he played his full talent and conquered the hearts of the fans overnight.
His way of playing looked so elegant and easy that he got his place in the starting lineup very quick. His main weapon is his versatility. He´s capable to play as a central midfielder but doesn´t fear the wings. But he also fulfils defensive jobs and this makes him so valuable for any team.
He played a total of 51 matches for us, scoring 5 goals. His only title was the League Cup.
This shirt was worn by him at Old Trafford where we had a memorable night at the Theatre of Dreams.

Jogo/ match: 22.11.2011  Manchester United vs Benfica  2:2

Fornecedor/ outfitter: Adidas

Friday, 9 November 2012

Portugal 2001 - Quim



Já há algum tempo que não apresentei mais camisolas de guarda-redes. Por isso quero aproveitar esta oportunidade para partilhar convosco esta camisola utilizada por Quim.
Joaquim Manuel Sampaio da Silva, como se chama, nasceu a 13 de Novembro 1975 em Vila Nova de Famalicão. Comecou a jogar futebol pelo SC Braga nas camadas jovens e mais tarde disputou o seu primeiro jogo como profissional durante a época de 1994/95. Continuou nessa posição durante os proximos 10 anos, antes de se transferir para o Benfica. Logo no seu primeiro ano na Luz ajudou conquistar o Campeonato. Na proxima época foi titular indiscutível antes de se lesionar e ficar fora das redes por o resto da época. Voltou em 2006 e em 2009 e 2010 ganhou a Taça da Liga. Antes de voltar para Braga, despediu-se do Benfica com 32° Título de Campeão na história do clube.
Na Selecção ele fez parte em todos os escalões a partir dos sub-16, sagrando se Campeão Europeu de sub-18 em 1994. Estreou-se pela Selecção A em 1999 e representou Portugal 32 vezes. Esta camisola foi utilizada durante um "amigável" contra a Angola em 2001. Esse jogo teve um fim triste por ter sido interrompído, devido ao facto que quatro jogadores da Angola terem sidos expulsos.

It´s been some time ago that i haven´t added a goalie shirt here on this site. Well, today i have another one to show you, worn by Quim.
Joaquim Manuel Sampaio da Silva was born on Nov. 13th, 1975 in Vila Nova de Famalicao. He sarted his carreer at SC Braga when he was young and later had his debut as professional during the 1994/95 season for the same club. He continued wearing the same colours during the following 10 years before moving to Benfica in 2004. Right during his first season he helped his new team to become Champion. During his second season he was a regular starter before an injury forced him to stop for a long period. He returned in 2006 and within the following years he won the League Cup twice and at the eand of his last season at Benfica became Champion again.
At the National team he represented Portugal since the under-16 level and had, as his biggest success, the victory at the U18 EC in 1994. His first appereance at senior level was during a match vs. Andorra in 1999. During his 11 years at the Selecção he represented the country 32 times.
The shirt shown above was worn by him during a "friendly" vs Angola that became famous by having not been finished due to 4 red cards to angolan players.

Jogo/ match: 14. Novembro 2001  Portugal vs. Angola 5:1

Fornecedor/ outfitter: Nike

Friday, 2 November 2012

Procuro estas camisolas/ I´m looking for these shirts


 


As camisolas alternativas dos anos gloriosos não foram utilizadas durante muitas ocasiões. Tendo em mente que durante uma época apenas foram atribuidas uma ou duas de cada modelo ao jogador, pode-se imaginar que não foram muitas que sobraram.
Por isso gostaria de lançar hoje mais um pedido que significa muito para mim, já que se tornou uma obsessão de encontrar uma delas para a minha colecção. Eu mostro aqui quatro tipos diferentes de camisolas alternativas do Benfica que foram utilizadas entre 1960 e o início dos anos 70. Se alguem possue uma destas camisolas agradecia que me contactasse se quizer negociar a mesma.

Today i would like to ask for help to find the above pictured shirts. All of them were alternative models used during the 60's to early 70's. Any kind of help will be much appreciated and if somebody has such a shirt to offer please contact me so that we can discuss a possible transaction.

Saturday, 13 October 2012

Benfica 1989 - César Brito



A camisola que hoje apresento foi utilizada pelo antigo internacional César Gonçalves de Brito durante da época de 1989/90. 
Tendo origem de Barco no conselho da Covilhã ele iniciou-se a jogar o futebol pelo Sport Clube do Barco, passando pelo Fundão e Sporting da Covilhã onde mais tarde foi descobrido e contratado pelo Benfica, depois de ter ajudado o seu clube a subir à 1a Divisão. 
Tinha um estilo próprio que fez um pouco relembrar Néne, mesmo faltando lhe a qualidade dele, mas tinha um senso para aparecer no sítio certo para marcar.
Chegou ao SLB em 85/86 onde enfrentava uma forte concorrência em pessoa dos seus colégas Rui Águas e Manniche, que ocupavam as posições de avançados/ pontas de lance. Por isso não jogava muitas vezes e apenas se afirmou como suplente pouco utilizado. Durante as suas primeiras duas épocas apenas jogou 20 vezes e por isso foi emprestado ao Portimonense durante duas épocas onde jogou com regularidade e sucesso.
Regressou ao Benfica em 89 onde voltou a enfrentar forte concorrência por parte de Magnusson e Vata. Mas o treinador Eriksson acreditou nas suas capacidades e deixou o jogar várias vezes de início. Curiosamente foi mais durante os jogos em que saltou do banco que deu peso ao jogo benfiquista do que quando alinhava desde principio. Isso fez dele uma arma secreta que várias vezes decidiu jogos com os seus golos. O mais importante ocorreu em 1991 contra o Porto nas Antas. Foi um jogo muito difícil para o Benfica, não só dentro de campo. O ambiente era muito agressivo e mesmo dentro do balneário a equipa sentiu um certo desconforto. César Brito saiu do banco aos 81 minutos quando o marcador estava 0:0 e depois de menos que um minuto tinha marcado o seu primeiro golo ao qual ainda se seguiu mais um 5 minutos mais tarde. Isso valeu ao Benfica o título nessa época e ao César a alcunha "Imperador Beirão".  A Bola saudou-o no dia seguinta na capa com "Ave César". 
Em total jogou 8 épocas pelo Benfica, ganhando 3 Campeonatos, 3 Taças de Portugal e 2 Supertaças, mais uma Final dos Campeões Europeus.

The shirt shown above was worn by César Gonçalves de Brito, a former portuguese International, during the 1989/90 season.
He was born nearby the town of Covilha in 1964, where he started his professional career helping the club later to promote to the 1st Division. During that season he was signed by Benfica for the 1985/86 season. Arriving at Benfica was hard as he had to encounter tough competition on his position as striker. This led to just 20 matches played before he was loeaned to Portimonense in 1987 where he played with high regularity for two seasons. 
Back at Benfica in 1989 his new coach Sven-Göran Eriksson believed in his talents, that being his fighting spirit and the ability to be at the right spot at the right time, and released him in the sarting line-up several times but interestingly it was when he came from the bench that he had most impact. This made out of him a 5* Joker for Benfica who decided many matches. His most important, that led him to importality amongst Benfica fans, was in 1991 when Benfica played at Antas stadium in Porto. It was a tough match with a fierce atmosphere that was even felt in the cabin of Benfica due to come strange incidents. Brito came of the bench in the 81st minute when the result was 0:0 and scored just a few seconds later before he added a second one 5 minutes later. This gave Benfica the title and one of the most popular Sportspapers greeted him "Ave Cesar" the next day.
He played a total of 145 matches for us, scoring 36 goals. During his 8 seasons he won 3 Championships, 3 Cups, 2 Supercups and was finalist of the Champions Cup in 1990.

Jogo/ match: -

Fornecedor/ outfitter: Adidas

Friday, 31 August 2012

Portugal 1986 - Mendes



Apresento hoje a terceira camisola de Fernando Mendes que se encontra na minha colecção. Trata se do modelo que foi utilizado pela Selecção depois do Mundial 1986. Estas camisolas podem se distinguir pelas estruturas diferentes do tecido que parecem barras.
O jogo em que foi utilizada foi o jogo de apuramento para o Euro 88 contra a Suiça. Fica para assinalar que mesmo o seleccionador suiço teve que admitir que o jogo em Berna parecia um encontro fora de casa devido ao apoio de milhares Portugueses residentes no estrangeiro.

Today I have the pleasure to present the third shirt of Fernando Mendes  in my possession. It is the model used after the WC 1986 by our National Team. You can recognize them by the different structures of the cloth that make it look like bars on the shirt.
The match in that it was used was the qualifier for the Euro 88 vs. Switzerland. Leaves me to mention that even the Swiss coach had to admit that the match seemed to have been played away from home due to the fact that thousands of Portuguese supporters cheered for their team at Bern Wankdorf stadium.

Jogo/ match: 29.10.1986  Switzerland vs. Portugal  1:1

Fornecedor/ outfitter: Adidas

Saturday, 18 August 2012

Benfica 1987 - Chiquinho



Nos finais dos anos 80 o Benfica parecia voltar a tornar-se num dos clubes mais sucedidos desses tempos. Aos Campeonatos de 87 e 89 juntaram se as Taças de 86 e 87 e o que valeu ainda muito mais foi a primeira Final da Taça dos Campeões há 20 anos em 1988 à qual ainda se seguiu mais uma dois anos mais tarde. Era um tempo em que o Glorioso enchia o seu mítico Estádio da Luz sem muitos problemas e por várias vezes com a lotacão maxima de ca. de 120 mil espectadores. Antigos jogadores ainda hoje se arrepiam quando falam do 3° anel e os seus espectadores que sempre foram cumprimentados pela equipa.
Nesse tempo Francisco Chiquinho Carlos fazia parte da equipa como avançado e mesmo só permanecendo duas épocas no S.L.B. deu para deixar muitas saudades entre os adeptos. Ainda hoje muitos que o viram jogar não poupam elogios e superlativos quando falam dele.
Nasceu a 23 de Abril, 1963 em Taquaritinga no Brasil. Nos meados de 80 jogava pelo Flamengo onde atuavam jogadores como Zico, Mozer, Jorginho e Bebeto. Ele até foi chamado à Canarinha mas nunca deu para jogar um jogo.
Em 1986 transferiu-se para o Benfica e deu logo para falar devido às suas qualidades técnicas e sua humildade. Infelizmente a sua permanência na Luz apenas durou duas épocas mas mesmo assim deu para jogar a Final Europeia de 1988, na qual vestiu a camisola aqui apresentada.
Ele ainda jogou muitos anos em vários clubes da Primeira Divisão ao mais alto nível. Foram esses o Guimarães, a partir de 1988, o Braga entre 1991 e 93, e o Setúbal por mais duas épocas até 1995. A sua carreira como futebolista apenas terminou com 43 anos no Mafra.
Nessa época de 1987/88 o Benfica teve acesso direito à Taça dos Campeões e teve o precurso seguinte:

Benfica-Partizan Tirana 4:0 (segunda mão não disputada devido a 4 expulsões do Tirana na primeira mão)
Aarhus-Benfica 0:0 e 0:1
Benfica-Anderlecht 2:0 e 0:1
Steaua-Benfica 0:0 e 0:2
PSV-Benfica 6:5

Isto é a minha segunda camisola de uma Final Europeia. Ainda faltam algumas, especialmente as das nossas duas vitórias. Se realmente houver alguem que tiver uma ou qualquer outra antiga, por favor entre em contaco comigo.
Obrigado e um abraço Chiquinho!


By the end ot the 80s Benfica seemed to return to one of the top clubs of its era. To the Championships of 87 and 89 the team added the domestic Cups of 86 and 87. But the most important was the first ECC Final for 20 years played in 1988 in Stuttgart. It was a time in that Benfica sold out its mythic Stadium easily several times when it was the biggest in Europe with a capacity of 120 thousand. It was the time when the term "Inferno da Luz" was created, that signifies something like: Hell of the Luz stadium. Today former players still shiver when talking about the 3rd level of the Stadium where the die-hard fans pushed the team to success, and that was greeted ahead of every match by the team.
At that time Francisco Chiquinho Carlos was member of the team and even only playing two seasons for us, he is still well remembered. He was born on 23rd of April 1963 in Taquaritinga in Brazil. When Benfica put an eye on him he played for Flamengo with stars like Zico, Jorginho, Mozer and Bebeto. In 1986 he finally travelled to Lisbon to sign a contract and quickly became one of the most cherished players. Even though the period was short lasted, he played an European Final, unfortunately lost.
He continued to play in Portugals First Division for years in teams like Guimaraes, Braga and Setúbal. When he finished his career he was 43 years old!
The above shown shirt is the one he wore in the Final vs. Eindhoven. At that time it was forbidden to wear Sponsorprints on the chest in a Final.

Jogo/ match: 25.05.1988  Benfica vs. PSV Eindhoven 5:6 p.s.o.

Fornecedor/ outfitter: Adidas

Tuesday, 26 June 2012

Portugal 2004 - Ronaldo


Um dia antes das meias-finais do Europeu 2012, quero partilhar convosco a minha alegria sobre o que a nossa Selecção conseguiu alcançar.
A maneira como os nossos jogadores representaram Portugal e como dignificaram a camisola que vestem, merece mais do que eu sou capaz de exprimir em palavras. Sente-se a vontade deles, e quando o hino toca, e todos cantam com voz alta, é um momento muito comovente.
Eu tenho que admitir que não tinha grandes expectativas por várias razões. O apuramento foi à ultima da hóra, a preparação podia ter corrida muito melhor e o facto de fazer parte do "grupo da morte" foi provavelmente o ponto mais importante.
Mas como disse um amigo meu antes do torneio: Quando o ensaio geral corre mal, a exibição principal corre bem. E assim foi! O primeiro jogo ainda perdido com má sorte, mas depois melhoraram de jogo para jogo e agora, à véspera do jogo que pode garantir a segunda final na nossa história, apenas quero agradecer ao que fizestes, rapazes. Isso foi uma grande alegria que nos destes durante as últimas duas semanas e dê no que der, eu estou orgulhoso de ser português, e naturalmente de vós.
O que notei, e achei um ponto muito importante, é a humildade que não se conhecia da equipa. Sempre se falava no título antes da hóra, o que naturalmente aumentou a pressão. Desta vez os comentários foram diferentes. O favoritismo cabeu a outros, mas isso não diminuiu a nossa qualidade. Se calhar até deu a tranquilidade que fez falta nos torneios anteriores.
Para incentivar um pouco e sublinhar o que esta em jogo, aqui uma camisola que já tinha apresentado na minha página principal, mas como condiz com o momento, quero voltar a mostra-la: Esta é a camisola preparada para Cristiano Ronaldo da Final 2004. Está ao vosso alcance. Mais uma vez... Força Portugal!

Saturday, 16 June 2012

Benfica 2001 - Sokota



Tomo Sokota chegou ao Benfica na época 2001/02, vindo do Dinamo Zagreb pelo qual tinha sido melhor marcador da Liga nas duas épocas anteriores.
Como ponta de lança de origem, ele trouxe as qualidades para a Luz que faziam tanta falta, depois da pior época de sempre, em qual o Benfica alcançou apenas o 6° lugar na época anterior.
Sokota representou o Benfica por quatro anos, vestindo a camisola do Glorioso por 60 vezes e marcando 21 golos. Em 2004 ajudou o Benfica a ganhar a Taça de Portugal e no ano seguinte sagrou se Campeão, mas já sem fazer parte da equipa principal por razões disciplinares.
Esta camisola foi utilizada por ele durante a sua primeira época em Lisboa. Nesse ano o patrocinio mudou durante o decorrer da época, sendo este utilizado nos primeiros mêses.

Tomo Sokota arrived at Benfica in 2001, coming from Dinamo Zagreb, where he became the league´s best scorer in the two seasons before.
As a striker he fitted perfectly in a plan of bringing Benfica back on top again, after the worst classification ever in the previous season, reaching only 6th place.
Sokota played for Benfica 4 years, wearing the shirt for 60 times and scoring 21 times. In 2004 he helped the club clinching the Cup and one year later he became Champion.
This shirt was worn by him during his first season. In that year Benfica used two different sponsorprints, this one being the first one for a few weeks, early in the season.

Jogo/ match: -

Fornecedor/ outfitter: Adidas

Sunday, 27 May 2012

Portugal 2003 - Ricardo



Quem nao se lembra do jogo entre Portugal e a Inglaterra no Euro 2004 quando Ricardo primeiro defendeu um penalti sem luvas, durante a marcação de grandes penalidades, e a seguir marcou o golo que nos deu a vitória?
Ricardo Alexandre Martins Soares Pereira nasceu em 1976 no Montijo e iniciou a sua carreira mesmo no clube caseiro em 1993. Depois de 18 jogos trocou o clube na época seguinte para jogar no Porto pelo Boavista. Permaneceu lá 9 épocas e viveu lá os momentos maiores do clube axadrêsado. Foi vencedor da Taça de Portugal e Supertaça em 1997 e sagrou se campeão em 2001. Para mais chegou às meias-finais da Taca UEFA em 2003.
Numa das transferências mais caras do Futebol Português, ca. 7m Euros, trocou o emblema nortenho pelo Sporting e conseguiu também aí ser um dos jogadores mais influenciais. Ganhou mais uma Taça em 2007 e até foi à Final da Taca UEFA em 2005.
As suas estadias no estrangeiro foram mal lembradas e depois de 4 épocas na Espanha e Inglaterra, voltou para Portugal para representar o Vitória de Setúbal.
A estreia pela Selecção foi em 2001 no jogo contra a República da Irlanda. Especialmente durante o Euro 2004 e Mundial 2006 ele fez alguns jogos incríveis. Um deles o já mencionado jogo contra a Inglaterra em 2004. Mas também o jogo contra o mesmo adversário no Mundial 2006 em que foi o primeiro guarda redes a salvar 3 penalties num Mundial. Recorde que lhe ainda pertence.
Esta camisola foi preparada para ele em 2003, para o jogo contra a Grécia. Na secção do Estádio da Luz, na página inicial, pode ver um pequeno video do que aconteceu depois do jogo contra a Inglaterra no Euro 2004.

For us portuguese the match of the Euro 2004 vs. England was one of the most memorable games in recent history. Despite the fact that it might not have deserved a winner, the way how we made it into the semis was a demonstration of pure will and determination. One of the pilars of the team was Ricardo who defended a penalty without gloves and scored the last one to seal presence in the semis.
Ricardo Alexandre Martins Soares Pereira was born in 1976 in a small town nearby Lisbon, called Montijo. He started his career at the home club in 1993 before moving to Boavista in 1994. During his time at the Porto based club, that lasted for 9 seasons, he witnessed the best years in the history of the "chequered". It started with the Portuguese Cup and Supercup in 1997, went on with the first and only Championship in 2001 and ended with the Semis of the UEFA Cup two years later.
It was time to go for new challenges and this made him move to Sporting Lisbon. In his first year he reached the Final of the UEFA Cup played on home soil but lost to CSKA Moskow and in 2007 victory at the Portuguese Cup.
His next steps in his career were not successful at all so that he struggled to show his abilities for Betis of Seville and Leicester City. So he moved back to his homecountry where now plays for Vitória Setúbal.
He gave his debut for the National Team in 2001 vs. Ireland. During the EC and WC 2004 and 2006 he had his best moments, especially in the matches vs. England. His record of saving 3 penalties in the shoot out of a WC is still intact. He was capped 79 times.
The shirt shown above was prepared for him for the match vs Greece in 2003.
In the "Estádio da Luz" section, on the initial page, you´ll find a small clip showing what happened after Portugal passed to the semis.

Jogo/ match: 15.11.2003  Portugal vs. Greece 1:1

Fornecedor/ outfitter: Nike


Friday, 11 May 2012

Benfica 1991 - Veloso



António Augusto da Silva Veloso nasceu a 31 de Janeiro 1957 em São João da Madeira. A sua carreira como futebolista começou em 1972 nas camadas jovens do Sanjoanense onde também jogou uma época como sénior em 77/78.
Foi no Beira-Mar que fez os primeiros jogos na 1a Divisão e onde despertou enorme interesse entre os grandes clubes. Na sua segunda época no clube beiramarense, e depois da saída de Sousa para o FCP, foi Veloso que assumiu a responsabilidade de organizar a equipa.
Na época seguinte, 80/81, entre os três grandes, ele escolheu o seu clube de coração para representar e transferiu-se para a Luz. O primeiro jogo foi um amigável no Canada onde lhe caiu a sorte de também marcar o seu primeiro golo pelo Benfica.
Logo na sua primeira época com a águia ao peito, ganhou o triplo, de Campeonato, Taça de Portugal e Supertaça. Foram os seus primeiros três titulos, aos quais ainda se juntaram mais 12, o que faz dele o 5° mais sucedido jogador do Benfica com um total de 15 trofeus.
A sua posição, que ocupou durante a maioria da sua carreira, foi a de lateral direito, mas também actuou muito tempo como lateral esquerdo, no miolo da defesa e até a médio fez sempre boa figura, mesmo não ter sido muitas vezes. A faixa direita mas pertenceu a ele por muito, muito tempo e o seu espírito de luta, o seu posicionamento e capacidade de ler o jogo e transportar a tactica para o campo fizeram dele um jogador imprecindível para qualquer um dos seus treinadores.
Durante a sua longa carreira, em que vestiu o manto sagrado durante 15 épocas e em 538 jogos oficiais, ele também disputou duas finais europeias. A primeira em 82/83 na Taça UEFA contra o Anderlecht e em 87 a maldita Final na Taça dos Campeões que provavelmente foi o seu momento mais negro da sua carreira.
Não são poucos que acham que ele foi o último grande Capitão do Benfica. Ele envergou a braçadeira durante 7 épocas e é o jogador com o 2° maior número de jogos como Capitão, depois de Mário Coluna.
Ele representou Portugal 40 vezes e participou no Europeu de 1984.
A camisola apresentada foi utilizada por ele durante o jogo contra o Boavista contando para o Campeonato de 91/92. Quem repara bem, deve ter notado que é o modelo da época anterior, só que no início da época ainda utilizaram esse modelo mas com o escudo de Campeão.
É uma grande honra para mim, ter uma camisola de uma das lendas do nosso SLB.

António Augusto da Silva Veloso was born on Jan 31st, 1957 in São João da Madeira. At the age of 15 he started playing for his homeclub Sanjoanense where he stayed for a total of 6 seasons of which the last was as a senior.
Second Division Beira Mar were promoted to the first Division and signed him in 1978 and there he gave his debut in Portugals top league. He showed to be a rising star by his excellent performances he gave during two seasons and caught the eye and interest of the 3 portuguese giants.
He followed his heart and signed contract with Benfica in 1980. His debut match was during a tournament in Canada where he also scored his first goal. In his first season he won the triple of Championship, Cup and Supercup. The first 3 titles of a total 15 titles during his as long carreer, making him the 5th most successful player at Benfica.
His preferred position was Right-back but he also played as a Left-back for a longer time and even Midfielder and Central-back were not unknown to him.
His fighting spirit, capacity of reading a game and the ability to transport the tactical orders onto the pitch made out of him an indispensable player for any of his coaches.
During his long carreer he wore the Benfica shirt during 538 matches, making out of him the second most capped player of the club. Furthermore he was captain for 7 years and so the player with the second highest number of matches as a captain, right behind Mário Coluna.
He played for Portugal 40 times and took part in the 1984 team that became 3rd placed in France.
The shown shirt origins out of the initial match of the 1991/92 season, being the model of the previous one. As the new ones had not been shipped at that time they had to pick the old ones but not without putting the Champion badge onto the left sleeve.

Jogo/ match: 17.08.1991  Benfica vs. Boavista  0:1

Fornecedor/ outfitter: Hummel

Saturday, 28 April 2012

Portugal 1977 - Chalana



Fernando Chalana ainda não tinha atingido a maioridade e já se tinha estreado como Sénior pelo Benfica em Março de 1976.
Poucos mêses depois ele atraiu o interesse do Seleccionador José Maria Pedroto que o chamou à Selecção A, onde se estreou a 17 de Novembro 1976 num jogo a contar para a qualificação para o Mundial 1978. O primeiro golo seguiu já no segundo jogo e o "Pequeno Génio" ainda foi eleito Melhor Jogador Português no mesmo ano de 1976.
Esta camisola foi utilizada por ele no jogo da segunda mão contra a Dinamarca em 1977.
Esta camisola para mim representa a mais linda alternativa que a nossa Selecção já utilizou. A simplicidade e as cores verde e vermelha nas riscas da Adidas, combinado com o número verde são mesmo uma obra de arte.

Fernando Chalana still was a minor when he was called to play in the senior team of Benfica in March 1976.
Just a few months later he caught the interest of the National Team Manager José Maria Pedroto, who called him to play against Denmark in November 1976. He scored his first goal in the second match, and then named "Small Genius" he was voted Best Portuguese Player in the same year.
This shirt was worn by him in the return match, counting for the Qualification to the WC 1978, vs. Denmark.
In my pov this shirt is the most beautiful ever worn by our National Team. The simplicity and the implementation of the green and red colour in the Adidas stripes makes it nearly a piece of art.

Jogo/ Match: 09.10.1977  Denmark vs. Portugal  2:4

Fornecedor/ Outfitter: Adidas

Saturday, 21 April 2012

Benfica 2012/13 Shirts


Apareceram, poucos dias atrás, fotos dos novos equipamentos do Benfica para a proxima época.
A camisola principal apresenta uma pequena diferença em utilizar botões na frente com colarinho polo, como no equipamento alternativo desta época e do principal de 2010/11.
A camisola alternativa volta ao preto com uma barra vermelha no peito.

A few days ago first pictures of Benficas new outfits appeared.
The first strip will feature a polo collar, like this years 2nd strip and the home shirt of the previous season.
The away shirt will come up in black with a red bar on the chest.

Thursday, 5 April 2012

Benfica 2004 - Juniores A



Hoje apresento uma camisola alternativa, utilizada por um jogador dos Juniores A durante a época de 2004/05. Tinha aplicada o escudo de campeão, referido ao Campeonato vencido do ano anterior, mas foi retirado.
Infelizmente não sei quem vestiu esta camisola, nem o jogo/ os jogos em que foi utilizada. Se alguem puder prestar informações uteis, agradecia.

Today i have the pleasure to present an away shirt worn by a player of our Junior team during the 2004/05 season. It had the "escudo", the champions badge for winning the championship in the previous year, on the sleeve, but it had been removed.
Unfortunately i don´t know who or when it was worn.

Jogo/ match: unknown

Fornecedor/ outfitter: Adidas

Sunday, 1 April 2012

Procuro estas camisolas



Nesta época o Benfica também utilizou patrocinios especiais à parte dos habituais: meo e tmn. São esses o "meo go", aplicado nas camisolas para o jogo contra o Rio Ave, realizado dia 16 de Dezembro 2011, e o "PT 4G" nas camisolas para o jogo contra o FC Porto, realizado dia 2 de Março 2012.
Se alguem tiver uma destas ou puder arranjar, por favor entre em contacto comigo.
Obrigado pela atenção.

Friday, 17 February 2012

Portugal 1997 away



A camisola aqui apresentada foi o modelo alternativo da primeira época em que Portugal foi fornecido pela Nike. Isso aconteceu em 1997 e desde esse ano continuou assim.
O promenor interessante é que a Selecção A nunca utilizou este tipo de equipamentos, já que os jogadores sempre vestiram a camisola principal, provavelmente pela razão que uma camisola na maioria azul, não tem muito em comum com as cores do nosso país. Pelas informações que me foram dadas, apenas os Juniores as utilizaram em poucos jogos. Uma ocasião foi o Torneio da Madeira em que a Selecção de Esperanças conseguiu ganhar.

The shirt shown above was the away version of the 1997 kit, in the first year of Portugals contract with Nike. Since then it never changed and Portugal still is being outfitted by the U.S. Company.
The interesting thing about this shirt is that it was never used by the Selecção. By what i have been told just the Junior teams used this shirt on few occasions. One of it was during the Madeira Youth Tournament, that was won by the Youth Team of Portugal.
I don´t know if it was worn or just prepared but by it´s rarity it is a special shirt to me.

Jogo/ match: -

Fornecedor/ Outfitter: Nike

Saturday, 28 January 2012

Benfica 2010 - Moreira



Depois do inverno, em que o Benfica lutava pelo título, tinha a final da Taça à vista e estava nas meias finais da Liga Europa, a Taça da Liga parecia apenas a cereijinha num possivel grande bolo.
Em pouco mais de duas semanas as esperanças de todos Benfiquistas foram destruídas e tornaram se no periodo mais amargoso do clube no recente passado. Tanto foi desperdiçado a possibilidade de chegar à final da Taça de Portugal, apesar de ter uma vantagem de 2:0 da primeira mão, que foi alcancada no Porto, tal como não se conseguiu chegar à Final da Liga Europa.
Entre esses jogos, e depois da derrota da segunda mão das meias finais da Taça de Portugal, disputou-se a Final da Taça da Liga contra o Paços Ferreira. O que parecia ser tarefa fácil tornou-se num bom bocado de trabalho e José Moreira, que foi o habitual guarda redes nessa competição, tornou-se o melhor jogador em campo por evitar os golos do adversário e defender um penalti. José Moreira nesse jogo mostrou grandes qualidades, por qual é conhecido, e finalmente pode se dizer que foi pela mão dele que a terceira Taça da Liga consecutiva viajou para a Luz.
Esta camisola foi preparada para ele e mostra os detalhes de jogo no peito direito.

After wintertime Benfica was about to look for a prosperous end of season, still present in all competitions. The team was in the Cup Semis, reached the Final of the League Cup, had the Europe League Semis right ahead and was still in good position to fight for the Championship.
Within a bit more than two weeks what was about to be a glorious end turned out to become a nightmare for all the fans and the team. The Final of the Cup, that seemed to be save, was gone within 90 minutes by loosing 1:3 at home and exiting the competition with a result of 3:3 on aggregate. The Europe League Semis also were lost with a 2:2 on aggregate and between these two events was the League Cup Final vs. Paços Ferreira.
What seemed to be a warmup for the Europe League Semis turned out to be hard work and José Moreira became MVP by undoing a few chances and defending a penalty. He showed great ability and character during this match and it can be said that it was through his hand that the third consecutive League Cup could be brought to Lisbon.
This shirt was prepared for him and bears the match details on the left chest.

Jogo/ match: 23.04.2011 Benfica vs. Paços Ferreira 2:1

Fornecedor/ outfitter: Adidas

Saturday, 14 January 2012

Portugal 1996 - Fernando Mendes



O jogo contra a Grécia foi o penultimo ensaio para o Euro 1996. Portugal tinha se qualificado para um grande torneio pela primeira vez há dez anos e o Seleccionador aproveitou este jogo para testar alguns jogadores que não foram opcão muitas vezes durante o apuramento.
Com uma equipa pouco habituada a jogar junta, não deu para fazer uma grande exibição, mas o resultado final foi 1:0 favoravel a nós.
Este jogo foi o último de Fernando Mendes que foi chamado 11 vezes à Selecção durante um período de dez anos.

The match vs. Greece was the next to last before the beginning of the Euro 1996 in England. Portugal qualified for the first time in ten years for a major tournament and our coach took the chance in this match to test a few players not used so often during the qualifiers.
As the team wasn´t used to play together too often, it wasn´t a very good match but still with the better end for Portugal.
This shirt belonged to Fernando Mendes who had his last cap. He was called 11 times in a period of 10 years.

Jogo/ match: 27.03.1996 Portugal vs. Grécia 1:0

Fornecedor/ outfitter: Olympic