Saturday, 24 July 2021

Benfica 2020 - Rafa Silva


No início da nova época viro-me para a época passada, que tanto deixou a desejar e que apesar da pandemia foi uma das mais desastrosas do recente passado. Isso não se deveu apenas aos resultados desportivos, mas também à confusão vindo do descontentamento dos adeptos com assuntos dentro da estrutura do clube. 

Fora disso também se jogou futebol e hoje tenho o prazer de apresentar uma camisola de Rafa Silva. Ele nasceu a 17 de Maio 1993 em Forte da Casa. Iniciou a sua carreira em 2002 e teve como equipas de formação o Povoense, Alverca e Feirense. Foi pelo clube de Sta. Maria da Feira que tembém lançou a sua carreira como profissional em 2012. Após uma época como titular indiscutível, ele foi contratado pelo SC Braga em 2013 onde se tornou peça fundamental para o successo do clube com duas Finais da Taça consecutivas, terminando a segunda como vencedor. 

Em 2016, e tendo dispertado o interesse do Benfica, ele transferiu-se para a capital por uma verba de ca 16m €, o que foi uma das contratações mais caras até lá. Destancando-se pela sua velocidade e capacidade de drible, foi uma arma de desequilibrio principalmente pela ala direita. Mesmo assim demorou até à época 2018/19 antes de se destacar como finalizador regular. Marcou 17 golos nessa época e foi fundamental na reviravolta da equipa de Bruno Lage que valeu o 37° titulo de campeão. 

Como internacional desde 2014, ele sagrou-se Campeão da Europa e foi vencedor da Liga das Nações em 2019.

A camisola apresentada foi preparada para ele para o jogo contra o seu antigo clube SC Braga e tem a particularidade de não mostrar o nome do jogador, mas um apelo contra o racismo que teve lugar no "Dia Internacional contra a Discriminação Racial" em jogos da primeira e segunda Liga. 


At the beginning of the new season i take the opportunity to look back on a season that left a lot to be desired. It was a season without silverware and with results clearly behind the expected. Furthermore disturbances from inside of the club didn`t help to calm down the team.

Nevertheless i have the pleasure to present a shirt of Rafa Silva who was born on 17th od May, 1993 in Forte da Casa. After having spent his youth stages at Povoense, Alverca and Feirense, he started his professional carrer at the latter club in 2012. After an excellent season for him, he was signed by Braga in the following year, where he matured to become a influential player. His main carecteristics are his speed and ability on dribblings. It helped the club to reach the Portuguese Cup Final in 2015 and 2016, winning it in 2016. 

Benfica payed one of the highest transfer fees until then by signing him for more then €16m in the same year. He continued to be a thread on the wings but only found his striking abilities in the memorable 18/19 season, when Benfica sarted second in the return round with 7 points behind Porto, but winning all games but one draw, sent them to win the title. He scored 17 goals in that season and had a huge portion in the outcome of the season.

On international basis he was part of the 2016 European Champion Team and won the 2019 edition of the Nations League.

The shirt was prepared for him and bears the particularity that it doesn`t show the name of the player, but a anti racism slogan that was used on the "International Day for the elimination of Racial Discrimination" by the teams of the first and second League in Portugal.

 

Jogo/ match: 21.03.2021  SC Braga vs Benfica  0:2

Fornecedor/ outfitter: Adidas

 

Saturday, 5 June 2021

Portugal 2004 - Pedro Oliveira


 

Pedro Miguel Ferreira de Oliveira nasceu a dia 30 de Novembro 1981. Viveu no Porto e teve a sua formação no Boavista onde foi muito bem succedido e conquistou vários titulos nacionais a nivel das camadas jovens. Conseguiu destacar-se como avançado.

Mudou-se para o FC Porto em 2000 o que não deixou de ser algo problemático devido ao facto de a familia ser do Boavista. Começou pela segunda equipa do Porto onde se conseguiu impor. No ano seguinte ja foi promovido para a equipa principal, mas com a concorrência direta de  jogadores como Deco, Carlos Alberto ou Alenichev sobrou pouco espaço para evoluir e assim foi emprestado á Academica em 2002. Mas só com o empréstimo ao Leixões na época seguinte é que conseguiu afirmar-se como jogador regularmente utilizado. Durante dois anos em Setúbal entre 2004 e 2006 venceu a Taça de Portugal em 2005. Seguiu-se a primeira estadia no estrangeiro, nomeadamente a Roménia onde assinou pelo CFR Cluj. Após de dois anos lá, foi para a Itália em 2008, onde representou o Modena, Arezzo e Pisa durante três anos. 

Fez uma época pelo Portimonense e em 2012 foi para a França, onde representou o Créteil-Lusitanos durante duas épocas. Voltando para Portugal ainda foi jogador do Gondomar e depois do Padroense, onde jogou até aos 39 anos. Hoje continua ligado ao futebol como treinador do Pedras Rubras.

Em 2004 representou Portugal no Europeu Sub21 e jogou em três dos jogos que nos levaram até as meias-finais, e marcou um golo. A camisola foi preparada para ele nesse torneio. Portugal ja ha décadas que faz um tremendo trabalho nos escalões juniores, e tal como em 2004, neste ano fomos ás meias finais, só que desta vez até conseguimos dar o passo à final. É a terceira final neste escalão e espero que desta vez Portugal traga o ultimo trofeu da UEFA que nos falta no futebol masculino. 


Pedro Miguel Ferreira de Oliveira was born on 30th of November 1981. Having spent his youth at Boavista, where he won a few national titles, he moved to FC Porto at the age of 18. 

At Porto he had some difficulties to surpass and was loaned consequently to Academica and Setubal. During his stay at Setubal he won the Portuguese Cup in 2005. In 2006 he moved abroad to represent CFR Cluj in Romania. After two years he moved on to Italy, where he played for Modena, Arezzo and Pisa before returning to portugal in 2011 for one season. 

After that he spent two years in France at Créteil before returning to Portugal in 2016, where he hang up his boots in 2020 at the age of 39!

In 2004 he was part of the U21 team that reached the semi final in Germany. The shirt was prepared for him and i show it here to remember the remarkable work that Portugal has been doing for decades on Junior levels. This year Portugal will play its 3rd Final on U21 level and i hope that this time we will bring the last missing UEFA trophy in men-football home. 


Jogo/ match: 02/06/2004  Switzerland vs Portugal  2:2

Fornecedor/ outfitter: Nike

Sunday, 18 April 2021

Benfica 1988 - Vata


Faz hoje 31 anos da famosa noite da "mão de Vata" que nos carimbou a passagem a Final da TCE. 

Mas antes de chegar aí deu algumas voltas e de certeza que não imaginava isso quando saiu do seu país natal, a Angola, onde tinha nascido a 19 de Março 1961. Em 1983 chegou a Portugal para representar o R.D. Águeda e na época seguinte o Varzim. Permaneceu lá durante quatro épocas com resultados bons e menos bons, mas com muitos golos marcados. Possuiu um forte pé direito e um excelente jogo aereo. 

Em 1988 o Benfica teve que encontrar um substituto para Rui Águas, que tinha deixado o clube a curto prazo. Encontrou-se Vata Matanu Garcia que logo na sua época inicial foi melhor marcador da Liga e ajudou a conquistar o Campeonato. Na sua segunda temporada na Luz aconteceu o jogo ja mencionado. Era dia 18 de Abril na Luz em frente de ca de 100mil adeptos que o Benfica tinha que dar volta ao resultado da primeira mão, que foi favorável ao Olympique de Marselha por 2:1. Perto do fim, aos 83 minutos, um canto de Valdo foi desviado por Magnusson e a bola chegou a Vata, que, como ele aínda hoje diz, com o ombro foi empurrada para dentro da baliza... Um delirio total no estádio e o OM de Bernard Tapie, com jogadores como Jean-Pierre Papin, Mozer, Chris Waddle etc, ficou pelo caminho, enquanto nós fomos a nossa 7a final dos Campeões. A ultima até hoje... Graças à "Mão de Vata".

Aínda hoje essa história é passada aos mais novos e Vata continua um jogador acarinhado e admirado pela massa associativa, mesmo tendo ficado no Benfica apenas por três épocas. Obrigado grande Vata por tudo que deu ao Benfica.

 

On this date 31 years ago was the famous night of "Vatas hand" that granted us a spot in the Final of the ECC.

But before that it took a few twists and turns in life, and i am sure he didn`t imagine such a thing when he left his homecountry Angola, where he was born on 19th of March 1961, in 1983 to sign for R.D. Águeda. The foloowing year he signed for Varzim SC, where he spent 4 years and developed very good skills as a striker. Famous for his right food and his excellent airplay, he was quite a successful goalgetter.

In 1988 Benfica had to replace Rui Águas, who left the club quite surprisingly, and the choice was Vata Matanu Garcia, who became best goalscorer of the league right in his first season and helped win the title. In the following season was when the above mentioned match happened. It was the 18th of April 1990 in front of 100k spectators where Benfica had to overcome a 1:2 disadvantage vs Olympique Marseille to advance to the final. OM at that time was a european powerhouse with players like Jean-Pierre Papin, Mozer or Chris Waddle, but in the 83rd minute a cornekick by Valdo was filcked over by Magnusson before it reached Vata who still claims the ball hit his shoulder before ending up in the net. However, the stadium went crazy and Benfica sealed it 7th ECC Final, our last so far. Argentine had the "hand of god", while we have "Vata`s hand".

This story is still passed on by the elder to the kids and Vata remains in our hearts and is cherished as a hero, despite having only stayed during three years at Benfica.

Jogo/ match: -

Fornecedor/ outfitter: Adidas

 

Sunday, 21 February 2021

Portugal 2020 - Ruben Dias



Ja tinha resumido um pouco a carreira profissional de Rúben Dias neste post. Por isso não me irei repetir, mas juntar mais alguns dados recentes. 

Depois de ir para o Manchester City, Rúben Dias retomou o seu papel como figura líder, que ja tinha indo desempenhando nos seus ultimos tempos enquanto jogador do S.L.B. As suas prestações em campo ajudaram para que também os seus companheiros aceitaram essa posição, e assim ele, apesar de estar num país novo e desconhecido, ja agora parece ser uma peça indispensável no sistema de jogo do seu clube actual. A imprensa está rendida à sua qualidade, que nós benfiquistas sentimos muita falta, e vê nele, mesmo sendo tão novo, o sucessor nato de Vincent Kompany. 

Na seleção ele vai crescendo cada vez mais e, igual como no seu clube, é um jogador fundamental para garantir a continuidade dela. Ha pessoas que vêm nele um futuro líder dentro e fora do campo. 

A camisola apresentada é especial porque se trata da sua camisola com qual marcou os seus primeiros golos pela seleção. Sim, não foi apenas um golo, mas um bi que apontou como defesa central num só jogo. Obrigado por cumprir a palávra com a camisola e tudo de bem para o futuro.


I alreday recapped a bit about the carreer of Rúben Dias in this post, so i will add only a bit about the recent past in this one.

After having signed with Manchester City, it didn`t take too long to rise as a leader on the pitch, that he was already when he left Benfica last summer. His constantly good results in matches helped that his teammates accept his leadership functions, and despite him being new to a country and club, it looks as if he is already an essential piece in the playing tactics of the team. Even the press praises his skills and quality and calls him the (possible) successor of Vincent Kompany.

In the national team he eveloves more and more and already is a fundamental player to his coach Fernando Santos. There are people that see him a possible leader of the team in the future.

The shirt is quite special as it is the one in which he scored his first goals for the national team. Right, i said goals, as he did not only score one, but two. Not bad for a central defender.


Jogo/ match: 17.11.2020  Croatia vs. Portugal 2:3

Fornecedor/ outfitter: Nike

Wednesday, 30 December 2020

Benfica 2013 - Miralem Sulejmani


Miralem Sulejmani foi contratado em 2013 como um dos mais talentosos jogadores europeus e com a ideia de criar mais opções pelas alas. Ele prefere o corredor esquerdo, mas também é capaz de ocupar o lado direito.

Ele nasceu na Servia a 5 de Dezembro 1988 e passou a maioria da sua formação no Partizan Belgrado. Com apenas 18 anos foi contratado pelo Heerenveen onde jogou ano e meio e marcou 15 golos em 34 jogos. No verão de 2008 foi contratado pelo Ajax, e tornou-se a contratação nacional mais cara com €16m. Durante os proximos 5 anos demonstrou qualidade e foi peça importante para os titulos do clube em 2011 e 2012. Em 2012 sofreu uma lesão gráve e esteve fora dos relvados durante 7 mêses. O seu acordo com o Benfica, que o contratou a custo zero, não caiu bem no clube e assim terminou a época na equipa B.

Em 2013 o Benfica contratou-o como arma polivalente para reforçar as alas. Mesmo com forte concorrência de Nico Gaitan, Salvio ou Lazar Markovic, ele conseguiu ganhar a sua parte do bolo e foi utilizado regularmente. A primeira época no SLB foi bastante bem sucedida e apenas faltou a Liga Europa, que nos voltou a escapar. Para Sulejmani esse jogo não correu mal apenas pelo resultado, mas também pela lesão que sofreu após uma entrada dura de Moreno. 

A época seguinte passou na maioria com a recuperação da lesão à clavicula e apenas fez poucos jogos mais pelo Benfica. No fim da época deixou o clube em direção à Suica, onde assinou contrato com os Young Boys Bern.

Esta camisola foi utilizada por ele durante a época de 2013/14 num jogo da Taça da Liga onde marcou o golo da vitória.


Miralem Sulejmani was signed by Benfica in 2013 as one of the most talented wingers in Europe. The idea behind the move was to have more options on the wings. 

He ws born on 5th of December 1988 in Servia and spent most of his formation with Partizan of Belgrade. At the age of only 18 he was signed by SC Heerenveen and scored 15 goals in 34 matches. After 1.5 years he was signed by Ajax as the most expensive domestic move with a reported fee of €16m. He became fundamental in the team of Amsterdam and was important in the conquest of the back-to-back Championships of 2011 and 2012. After a serious injury and the leak of this free move to Benfica at the end of his contract in 2013, he was relegated to the reserve team. 

After he completed the move to Lisbon he had to fight for a starting spot vs colleagues like Salvio, Nico Gaitan or Lazar Markovic. He did well and was regular option for the coach. His first season was quite successful with a national treble. The Final of the Europe League was lost again, and left  bad memories not only because of the result, but also by a injury he suffered that left him off the pitch for more than 5 months. The second season was far from being what he expected and so he left the club in summer of 2015 in direction of Young Boys Bern. 

The shirt was worn by him during the 2013/14 season in League Cup match where he scored the winner.

Jogo/match: 25.01.2014  Benfica vs Gil Vicente  1:0

Fornecedor/outfitter: Adidas

Saturday, 14 November 2020

Portugal 1983




Ontem há 37 anos Portugal apurou-se pela primeira vez para um Campeonato Europeu. Antecedeu-se uma fase de qualificação dura, mas bastante boa. Apenas uma derrota, mas essa pesada, em Moscovo contra a URSS foi o balanço até ao último jogo. Antes do encontro á União Soviética bastava um empate para seguir em frente. 

Era um dia chuvoso em Lisboa. Mesmo assim o Estádio da Luz contou com uma enchente de adeptos para apoiar. Muita gente temia a equipa poderosa e experiente, mas perto do intervalo Chalana foi derrubado à beira da grande área e Portugal foi atribuido um penalty, que Jordão converteu seguramente. No fim, Portugal conseguiu resistir a pressão durante a segunda parte, e conseguiu o apuramento inédito. No ano seguinte, a equipa apenas foi travada no prolongamento das meias-finais. 

Estou convencido que a geração de 1984 foi a semente para os frutos colhidos mais tarde. Os titulos internacionais a nível dos juniores nos anos 90. Os apuramentos regulares a partir de 2000 e o primeiro titulo oficial em 2016. Tudo isso não seria possivel sem esse jogo em 1983. 

Obrigado Bento, João Pinto, Lima Pereira, Inácio, Eurico, Carlos Manuel, Chalana, Fernando Gomes, Jaime Pacheco, Jordão, Shéu e Diamantino. Obrigado também aos "Patricios" que foram tao longe e teriam merecido mais. 

A Camisola apresentada não foi desse jogo, mas foi o modelo utilizado então. A medalha todos jogadores receberam antes do jogo. 


Yesterday, 37 years ago, Portugal sealed its first qualification for a EC.
Portugal suffered a heavy defeat in the first leg in Moscow vs USSR. The return match was the last match of the qualifier and USSR was first and needed a draw to qualify.

The showdown was held at the fully packed, old Estádio da Luz. It was a rainy day and i remember me sitting in front of an old SW receiver together with my father, uncle and cousin. The quality was bad, but it was sufficient to transmit the ambience in the stadium. Many had the first leg result in mind and expected a similar outcome, but when Chalana was fouled at the edge of the box, we got awarded a penalty that was converted by Rui Jordao.

At the end the underdog Portugal took the better end and traveled to France in 1984, where we only got stopped in extratime of the semis.
I believe the generation of 84 was the seed to what Portugal achieved afterwards. The youth titles since the 90s and regular participations in WC and EC from 2000 onwards... And then the coronation in 2016... It all started in 1983.

The shirt is not out of the match but the same style used by the players. The medal is a small souvenir to all participants and is given to the players beforehand. 

Jogo/ match: 13.11.1983  Portugal vs. URSS  1:0

Saturday, 3 October 2020

Benfica 2019 - Rúben Dias



Rúben dos Santos Gato Alves Dias nasceu no dia 14 de Maio 1997 na Amadora e começou a jogar futebol no Estrela Amadora em 2006. Dois anos mais tarde mudou se para o Benfica, onde continuou a sua formação futebolistica. 
Em 2015 foi promovido para a equipa B mas ao mesmo tempo continuou a jogar nos Juniores que fizeram uma excelente prova na Youth League. Ele foi o capitão da equipa que chegou à final em 2016/17. 
No Verão do mesmo ano estreou-se pela equipa principal. Ao lado do capitão Luisão ele foi ganhando experiência na defesa central e explorando o seu talento. Foi eleito melhor jogador jovem na mesma época e começou atraír interesse por parte de clubes europeus. No ano seguinte ajudou conquistar o 37° Campeonato do Benfica e no verão a Supertaça. 
Nesta época de 2020/21 aínda fez dois jogos, antes de ser contratado pelo Manchester City por uma verba de €68m, o que faz dele o segundo jogador mais caro de Benfica. Despediu-se depois do jogo contra o Moreirense com um golo apontado. 
A camisola apresentada é proveniente do jogo da Supertaca 2019. 
Boa sorte Rúben e obrigado por tudo. 
 
Rúben do Santos Gato Alves Dias was born on 14th of may 1997 in Amadora, nearby Lisbon. He started playing at his homeclub Estrela in 2006 and moved to Benfica two years later. In 2015 he represented the second team but continued playing for the Junior team that reached the Final of the Youth league in 2017. Afterwards he was promoted to the first team. With his captain Luisao at his side he gained a lot of experience in the centre-back position, benefiting of a huge amount of talent. He was voted best newcomer in that year and started gaining interest by the usual supects in Europe. The following year was crowned by the 37th Championship and the Supercup, where the shown shirt origins. 
He made two apperances in this season before being signed by Manchester City a few days ago. The €68m fee both clubs agreed for, make him the second largest sale in Benficas history. He left in style with a scored goal and as a captain.

Jogo/ match: 04 Augusto 2019  Benfica vs Sporting  5:0

Fornecedor/ outfitter: Adidas